Pular para o conteúdo principal

Edvaldo ou Márcio Macedo?

Na semana que passou foi possível ouvir algumas entrevistas que deixaram recados interessantes para políticos e para imprensa que acompanha cada lance da movimentação dos possíveis candidatos para prefeitura de Aracaju e de todo estado.
Falando para os sergipanos depois que o ex-presidente Lula foi solto, o suplente de deputado federal e dirigente nacional do PT, Márcio Macedo, não deixou dúvida de que está de olho na candidatura própria do partido para suceder Edvaldo Nogueira, e que seu nome está à disposição da sigla para essa possibilidade.
Márcio fala disso com muita propriedade, principalmente, quando é sabido que os petistas pretendem lançar candidatos próprios nas principais cidades do país, em especial nas capitais, ainda mais no Nordeste. Em algum momento da entrevista, ele chegou a levantar a possibilidade de Edvaldo não ser candidato, e apoiar a candidatura do PT em Aracaju. Será?
Para alguns analistas da política da capital, Lula não teria muita dificuldade para decidir e sustentar uma candidatura do PT, mesmo num enfrentamento contra Edvaldo, considerando que na passagem da "Caravana de Lula" pouco tempo atrás, a ausência do atual prefeito naquela oportunidade pode ser levada em conta para uma decisão nesse sentido.
Por outro lado, Edvaldo conversa com líderes partidários, buscando reforçar seu time para disputar sua reeleição. Nogueira já tem declarado para o seu projeto alguns partidos que fazem a base do governo de Belivaldo. O PSD do governador já anunciou apoio pelo deputado federal Fábio Mitidieri, o MDB no mesmo caminho pelo ex-governador Jackson Barreto, o PP pelo deputado federal Laércio Oliveira, e alguns outros.
No próprio PT existe quem apoia à reeleição de Edvaldo, como é o caso do deputado estadual Francisco Gualberto, que já se pronunciou com esse posicionamento.
Uma coisa é possível afirmar: se a cúpula majoritária do PT visualizar um cenário favorável, ainda que enfrentando Edvaldo, certamente terá uma candidatura própria em Aracaju. Vamos pra frente!

O SAMU ficou pequeno para Conceição

Por não concordar com mudanças na estrutura do SAMU, a enfermeira Conceição Mendonça, que já foi titular da pasta da saúde estadual, entregou o cargo de superintendente do órgão, enviando "Nota" para os colegas, já que é do quadro efeitivo do SAMU.
Veja a nota na íntegra
Comunico a todos vcs que a partir desta data (14/11/2019) me afasto da Superintendência do SAMU 192 Sergipe.
Nesses quase 11 meses tive o imenso prazer de conviver com cada um de vocês e pude sentir de perto o compromisso, eficiência, competência, respeito e amor com nosso serviço.
Se hoje eu pudesse montar um grande serviço, com certeza seria vocês minha equipe.
Estão havendo algumas mudanças e não aceito que seja fragmentado nosso serviço, ficando a Central de Regulação de Urgência (CRU) separado do SAMU 192 Sergipe. Não vejo prosperar corpo sem coração.
Meu pedido é que cuidem do nosso serviço, ele precisa ser lapidado a cada dia, independente de quem esteja na frente lembre que a inteligência do serviço está na central de regulação e na brilhante atuação de cada um de vocês meus amigos. O SAMU é nosso é de nossa população. Lamentavelmente estão querendo ser dono de um serviço que é do nosso povo.
Meu agradecimento a cada um de vocês que me aturaram nesse período.
Continuem nessa mesma integridade, transparência com respeito e amor ao serviço público.
Estarei presente em orações pra todos vocês que fazem o SAMU 192 Sergipe.

O susto de Belivaldo

A assessoria do governador Belivaldo Chagas, emitiu uma nota no inicio da manhã deste domingo (17), informando que ele já teve alta e saiu do hospital São Lucas com quadro estável e sem nenhum dos sintomas apresentados no ato da sua internação.
Ainda segundo a nota, “todos os exames demonstraram que ele está bem de saúde. Por precaução e orientação médica, ele deve repousar durante essa semana”.
Ao deixar o hospital, Belivaldo usou as redes sociais para dizer que estava bem a agradecer o apoio que recebeu. “Passando pra avisar que já tive alta hospitalar e estou em casa. Os exames atestaram que minha saúde está boa, mas os médicos pediram pra eu descansar durante essa semana. Vou obedecer, mas na outra já estarei de volta. Obrigado a todos que se preocuparam comigo, pelas mensagens de apoio e orações”.
Sobre o motivo da internação, a assessoria informou que “no início da tarde de sexta-feira, 15, o governador passou mal e foi levado ao Hospital São Lucas onde realizou exames e foi medicado e assistido pela equipe médica do hospital com um quadro neurológico muito associado ao estresse”.
Conforme a assessoria, a vice-governadora Eliane Aquino continuará à frente do executivo.

Manchas de óleo no Piauí

Novas manchas de óleo foram avistadas neste sábado (16) na região do Delta do Rio Parnaíba, região na divisa entre os estados do Maranhão e Piauí. De acordo com a Capitania dos Portos local, homens da Marinha foram deslocados para a região a fim de verificar a quantidade do material e iniciar os trabalhos de limpeza das praias.Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o litoral do Piauí tem quatro pontos onde foram encontrados vestígios esparsos de óleo. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Decisão do ministro Alexandre de Moraes é temerária para um dos maiores constitucionalista brasileiro, Ives Gandra Martins

O artigo a seguir foi extraído do endereço eletrônico registrado no final, e tem a autoria de um dos maiores constitucionalista brasileiro, Ives Gandra Martins, que faz referência, inclusive, à possibilidade de intervenção militar diante da desordem e desarmonia entre os poderes (em negrito no texto). Leia na íntegra: "Harmonia e independência dos poderes? Por Ives Gandra Martins Aos 85 anos e mantendo amizade e admiração com e por grande parcela dos juristas brasileiros e muitos estrangeiros, de todas as colorações ideológicas, é sempre com constrangimento que, no dever que me imponho de cidadão, sinto-me na obrigação de expor opinião contrária àqueles expoentes do direito, que, sendo amigos, encontram-se em funções públicas. Ao ler a Constituição, cujos trabalhos acompanhei de perto, participando de audiências públicas, oferecendo textos, alguns aprovados pela Constituinte e, informalmente, assessorando alguns constituintes, não consigo encontrar nenhum dispositivo que

A "generosidade" do Banese em nome da pandemia visa lucro altíssimo

O governador Belivaldo Chagas determinou que o Banco do Estado de Sergipe PRORROGASSE por três meses as mensalidades dos empréstimos consignados dos servidores públicos, bem como os CDCs , devido o momento difícil que todos estão passando pela pandemia do Covid-19. Desde o dia 1° de maio o BANESE   já disponibilizou para os aplicativos de smartphones a opção de "PRORROGAÇÃO" para quem tem empréstimo com a instituição financeira, e já provocou dúvidas e indignação em quem fez simulações nas "ofertas generosas" do banco para seus clientes. Diferente do que determinou o governador do Estado, e mais ainda do que explicou a assessoria de comunicação do BANESE, que disse o seguinte: "Dessa forma, a prorrogação está sendo oferecida com a manutenção da taxa de juros do contrato anterior, sem aumento no valor mensal das parcelas e sem cobrança de IOF, com a distribuição dos juros de carência nas parcelas do novo contrato". Dito assim, leigo que somos do sis

CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS VIRTUAIS

Nestes últimos dias fomos agraciados com mais uma novidade que irá vigorar nas próximas eleições municipais, a possibilidade de que as convenções partidárias ocorram virtualmente. É certo que a pandemia que nos aflige acelerou mudanças que seriam observadas ao longo dos anos, fazendo presente cada vez mais a tecnologia à nossa vida, consequentemente ao sistema eleitoral também. Já passamos pelo período das janelas partidárias, das filiações, do alistamento, de mudança de domicílio eleitoral e de regularização do título de eleitor, tudo feito de forma virtual. Em nossos textos é sempre mencionada a necessidade de adequação ao momento em que estamos vivendo, e a experiência vem demonstrando tal necessidade, sendo certo o fato de que quem não buscar se amoldar ao momento poderá ficar para trás no pleito vindouro. Especificamente no que tange à realização das convenções partidárias por meio virtual, foi realizada consulta ao TSE questionando esta possibilidade, sendo proferido Parecer favo