Pular para o conteúdo principal

Nomes que podem surgir do DEM

Os times já começam a conversar com mais frequência para analisar e planejar o torneio eleitoral de 2020. É o que podemos chamar de pré-temporada, quando os partidos buscam atrair nomes competitivos para disputar a eleição, seja proporcional e, ou majoritária.

Uma novidade que está sendo muito discutida nesses encontros partidários é o fim das coligações, o que obriga as legendas obterem votos suficientes para alcançar o coeficiente eleitoral. Isso significa dizer que os times devem ser bem escalados.

Existe uma prática velha de atrair possíveis candidatos proporcionais, garantindo aos pretendentes que o partido não terá em seu quadro de filiados qualquer detentor de mandato. Não sei se com a nova regra das médias isso seja algo relevante para quem deseja disputar uma eleição. A totalização de votos dos partidos requer nomes de peso, isto é, os puxadores de votos. 

Além da chapa proporcional, os nomes para a disputa majoritária também estão nas discussões partidárias. O DEM, por exemplo, não esconde o desejo de ter o deputado Garibalde Mendonça disputando a prefeitura de Aracaju pela sigla. O problema é que o parlamentar tem um impedimento legal, e não pode deixar seu atual partido, apesar do desconforto enquanto filiado.

Mas o Democrata tem  opções outras como a delegada Georlize, o deputado Gilmar Carvalho, que também deseja disputar a PMA, e tantos outros que podem ser alternativa para o pleito de 2020.

Paralisação de professores

Os professores e professoras das escolas municipais e estaduais decidiram, em assembleia unificada paralisar as atividades nesta quarta (02) e quinta-feira (03).

Na agenda de luta estão marcados atos em frente a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (dia 02) às 8h e no Palácio de Despachos (dia 03) às 14h.

Os professores e professoras sergipanos se engajam na luta nacional contra os cortes na Educação promovidos pelo governo federal, e a reforma da previdência.

No caso do magistério da rede estadual a luta também é em defesa do reajuste do piso na carreira e na denúncia de que a crise financeira alardeada pelo governo estadual é fake. Por isso, os atos “A Crise em Sergipe é Fake” que tem percorrido municípios de norte a sul do estado também serão realizados nas feiras livres de Aracaju.

Com informações e foto do Sintese

Fomento para Agropecuária

O governo federal lançou nesta terça-feira (1º) um plano para impulsionar o desenvolvimento rural na região Nordeste. Batizado de AgroNordeste, o programa pode ser implementado ainda este ano ou até o fim do ano que vem em 12 territórios da região que contemplam os nove estados nordestinos mais o norte de Minas Gerais. Ao todo, deve atender a uma população rural de 1,7 milhão de pessoas.Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o AgroNordeste é voltado para pequenos e médios produtores que já comercializam parte da produção, mas ainda encontram dificuldades para expandir o negócio e gerar mais renda e emprego na região onde vivem. Entre os objetivos do plano estão aumentar a cobertura da assistência técnica, ampliar o acesso e diversificar mercados, além de promover e fortalecer a organização dos produtores, garantir segurança hídrica e desenvolver produtos com qualidade e valor agregado.

Reforma da Previdência no Senado

Depois de quase quatro horas de sessão, o Plenário do Senado aprovou, em primeiro turno, o texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC) que reforma a Previdência. Às 22h51, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), proclamou o resultado: 56 votos a favor, 19 contra e nenhuma abstenção. Eram necessários 49 votos, equivalentes a três quintos dos senadores mais um, para aprovar o texto.Alcolumbre pretendia concluir a tramitação do texto-base e dos destaques até as 22h. No entanto, o número de senadores que se inscreveram para discursarem, a maioria da oposição, atrasou o início da votação. A sessão começou às 16h, com a votação de outras matérias, mas os encaminhamentos do texto-base da PEC da Previdência só começaram às 18h50.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Decisão do ministro Alexandre de Moraes é temerária para um dos maiores constitucionalista brasileiro, Ives Gandra Martins

O artigo a seguir foi extraído do endereço eletrônico registrado no final, e tem a autoria de um dos maiores constitucionalista brasileiro, Ives Gandra Martins, que faz referência, inclusive, à possibilidade de intervenção militar diante da desordem e desarmonia entre os poderes (em negrito no texto). Leia na íntegra: "Harmonia e independência dos poderes? Por Ives Gandra Martins Aos 85 anos e mantendo amizade e admiração com e por grande parcela dos juristas brasileiros e muitos estrangeiros, de todas as colorações ideológicas, é sempre com constrangimento que, no dever que me imponho de cidadão, sinto-me na obrigação de expor opinião contrária àqueles expoentes do direito, que, sendo amigos, encontram-se em funções públicas. Ao ler a Constituição, cujos trabalhos acompanhei de perto, participando de audiências públicas, oferecendo textos, alguns aprovados pela Constituinte e, informalmente, assessorando alguns constituintes, não consigo encontrar nenhum dispositivo que

A "generosidade" do Banese em nome da pandemia visa lucro altíssimo

O governador Belivaldo Chagas determinou que o Banco do Estado de Sergipe PRORROGASSE por três meses as mensalidades dos empréstimos consignados dos servidores públicos, bem como os CDCs , devido o momento difícil que todos estão passando pela pandemia do Covid-19. Desde o dia 1° de maio o BANESE   já disponibilizou para os aplicativos de smartphones a opção de "PRORROGAÇÃO" para quem tem empréstimo com a instituição financeira, e já provocou dúvidas e indignação em quem fez simulações nas "ofertas generosas" do banco para seus clientes. Diferente do que determinou o governador do Estado, e mais ainda do que explicou a assessoria de comunicação do BANESE, que disse o seguinte: "Dessa forma, a prorrogação está sendo oferecida com a manutenção da taxa de juros do contrato anterior, sem aumento no valor mensal das parcelas e sem cobrança de IOF, com a distribuição dos juros de carência nas parcelas do novo contrato". Dito assim, leigo que somos do sis

CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS VIRTUAIS

Nestes últimos dias fomos agraciados com mais uma novidade que irá vigorar nas próximas eleições municipais, a possibilidade de que as convenções partidárias ocorram virtualmente. É certo que a pandemia que nos aflige acelerou mudanças que seriam observadas ao longo dos anos, fazendo presente cada vez mais a tecnologia à nossa vida, consequentemente ao sistema eleitoral também. Já passamos pelo período das janelas partidárias, das filiações, do alistamento, de mudança de domicílio eleitoral e de regularização do título de eleitor, tudo feito de forma virtual. Em nossos textos é sempre mencionada a necessidade de adequação ao momento em que estamos vivendo, e a experiência vem demonstrando tal necessidade, sendo certo o fato de que quem não buscar se amoldar ao momento poderá ficar para trás no pleito vindouro. Especificamente no que tange à realização das convenções partidárias por meio virtual, foi realizada consulta ao TSE questionando esta possibilidade, sendo proferido Parecer favo