Pular para o conteúdo principal

Oportunidade: Não fique no escuro!


Uma boa notícia para quem tem dívidas com energia elétrica. A Energisa vai promover, até o dia 15 de outubro, a sua campanha nacional de negociação de dívidas de clientes de baixa tensão (energia pronta para o uso final, geralmente destinada a pequenos consumidores). Com isso, clientes residenciais, comerciais, rurais e industriais de nove das 11 distribuidoras do Grupo poderão obter condições especiais na quitação de débitos, como isenção e descontos de juros, multa e correção, além do parcelamento das dívidas. O momento é oportuno para os contribuintes que realizarão o saque de R$ 500 do FGTS liberado pelo Governo Federal.
Poderão ser beneficiados os clientes com dívidas de até R$ 1.500 e que possuem a partir de duas faturas em atraso. Os que quitarem os débitos à vista ficarão isentos de juros, multa e correção monetária. Se o cliente pagar 50% do que deve, poderá parcelar o restante em até seis vezes e obter 50% de desconto nos acréscimos. Caso pague 30% do montante, o saldo poderá ser dividido em até 18 parcelas, com 10% dos acréscimos (juros, multa, correção monetária).
Para negociar o pagamento dos débitos, o titular da conta tem até 15 de outubro para comparecer à agência de atendimento mais próxima, com documentos pessoais em mãos (carteira de identidade e CPF). Os canais de atendimento da Energisa também estão a postos para esclarecer as dúvidas dos clientes: site (www.energisa.com.br), aplicativo Energisa ON e o telefone 08000 79 0196.
A campanha atinge os consumidores atendidos pela empresa em nove estados: Sergipe, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo e Paraná.
“Estar com os pagamentos em dia traz mais tranquilidade e saúde financeira. Estamos promovendo a campanha para facilitar a vida dos nossos clientes, oferecendo uma série de descontos e possibilidades de parcelamento. O alívio financeiro que o saque de R$ 500 do FGTS pode ajudar nessa negociação”, afirma Wellington Aranha, gerente de serviços comerciais da Energisa Sergipe.
(Fonte: Energisa)
Serviços do Detran/SE
O Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SE) informou nesta segunda-feira, 8, quedevido a problemas técnicos do sistema de biometria, o serviço deverá ficar suspenso nas unidades da autarquia por até 48 horas.
Em razão desta suspensão, não serão emitidas as Carteiras Nacional de Habilitação (CNH) e alguns serviços poderão ser reajustados, a exemplo de exames teóricos e práticos.
Fonte: Detran/SE
Auditoria no Gás
O deputado estadual Zezinho Sobral (Pode) protocolou nesta segunda-feira, dia 09, na Assembleia Legislativa, uma Indicação à Presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e à Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese) para que seja instaurado o processo de auditoria no contrato de concessão firmado entre o Estado de Sergipe e a Sergipe Gás (Sergás), sua composição societária e a formação do preço do gás no estado.
"O outro Brasil"
Segundo o site “Conexão Política”, os governadores dos nove estados da região nordeste estão articulando uma frente diplomática em busca de investimentos internacionais.
Segundo o governador da Bahia, Rui Costa (PT-BA), o intuito é “mostrar ao mundo que existem outros Brasis além do Brasil do governo federal”. O grupo planeja um giro pela Europa na segunda quinzena de novembro.
“Nós queremos dizer que existe um Brasil diferente, que há governantes diferentes, que valorizam o meio ambiente, a diversidade humana. Mostrar que o Brasil não é essa coisa temporária que ocupa o governo federal. Ou nossa imagem sai prejudicada”, afirmou Rui Costa.
Ainda segundo o governador, o plano é propor que os países europeus invistam os recursos que Bolsonaro renunciou.
“Nós queremos estes recursos para recuperar a caatinga, a mata atlântica, margens de rios, o que eles tiverem disponível para preservação ambiental e para a área de infraestrutura”, disse.
Nova CPMF
Em entrevista ao jornal "Valor Econômico", Guedes afirmou que a nova CPMF terá alíquota de 0,2% a 1% e poderá arrecadar até R$ 150 bilhões por ano. Ela transferiria para toda a sociedade uma cobrança hoje paga pelas empresas.
O ministro voltou a afirmar que a reforma desejada pelo Palácio do Planalto ataca em três frentes: impostos indiretos (IPI, PIS, ICMS e Cofins), Imposto de Renda e contribuições das empresas sobre a folha de pagamento. É neste último tópico que entra o plano de criar imposto semelhante à antiga CPMF, rebatizada como ITF (Imposto sobre Transações Financeiras).
Cirurgia de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro está sem dor ou febre após ter sido submetido à quarta cirurgia desde que levou uma facada no abdômen em setembro do ano passado. Segundo o boletim médico divulgado ontem (9) pelo Hospital Vila Nova Star, Bolsonaro vai começar a fisioterapia motora, podendo sentar na poltrona e caminhar pelo quarto. De acordo com o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, a movimentação é importante para que o presidente recupere as atividades intestinais.A alimentação até o momento está sendo feita pela dieta líquida. Segundo Antônio Antonietto, diretor-médico do Nova Star, hospital da capital paulista onde Bolsonaro está desde a noite de sábado (7) para ser submetido ao procedimento, o presidente comeu ao menos três potes de gelatina, tomou chá e caldo ralo. A cirurgia corrigiu um problema de hérnia surgido em decorrência do ferimento do atentado do ano passado. A técnica utilizada foi a herniorrafia incisional com implantação de tela.
Aeroporto de Aracaju
O governador Belivaldo Chagas recebeu, na tarde desta segunda-feira, (09), o executivo Santiago Yus Sáenz de Cenzano, diretor geral da Aena Desarrollo no Brasil, empresa espanhola que adquiriu o Aeroporto Internacional de Aracaju, em leilão realizado pelo Governo Federal, no dia 15 de março, em São Paulo. O aeroporto de Aracaju foi arrematado junto ao Bloco Nordeste, cujo lance chegou a R$ 1,9 bilhão. O secretário de Comunicação e de Turismo, José Sales Neto, acompanhou a visita.
O grupo vai administrar o aeroporto por 30 anos, sob o sistema de concessão. Por seis meses farão uma administração partilhada com a Infraero e, a partir de fevereiro de 2020, assumirá sozinho. O governador Belivaldo Chagas entregou projetos de reforma do terminal que já existiam e que foram elaborados pelo Governo do Estado. São projetos arquitetônicos, hidráulico, elétricos, infraestrutura, que irão adiantar para a empresa a execução das reformas que eles acharem necessárias.
Carteira estudantil digital
A carteira estudantil digital começará a ser emitida em 90 dias e será ofertada nas lojas Google Play e Apple Store. Com o documento, os estudantes vão poder pagar meia-entrada em shows, cinema, teatro e outros eventos culturais. O prazo começa a contar hoje (9), com a publicação da medida provisória (MP) que dispõe sobre o pagamento de meia-entrada no Diário Oficial da União.O estudante que solicitar a carteira digital terá que consentir com o compartilhamento dos dados cadastrais e pessoais com o Ministério da Educação (MEC) para subsidiar o Sistema Educacional Brasileiro — o novo banco de dados nacional dos alunos, a ser criado e mantido pela pasta.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Decisão do ministro Alexandre de Moraes é temerária para um dos maiores constitucionalista brasileiro, Ives Gandra Martins

O artigo a seguir foi extraído do endereço eletrônico registrado no final, e tem a autoria de um dos maiores constitucionalista brasileiro, Ives Gandra Martins, que faz referência, inclusive, à possibilidade de intervenção militar diante da desordem e desarmonia entre os poderes (em negrito no texto). Leia na íntegra: "Harmonia e independência dos poderes? Por Ives Gandra Martins Aos 85 anos e mantendo amizade e admiração com e por grande parcela dos juristas brasileiros e muitos estrangeiros, de todas as colorações ideológicas, é sempre com constrangimento que, no dever que me imponho de cidadão, sinto-me na obrigação de expor opinião contrária àqueles expoentes do direito, que, sendo amigos, encontram-se em funções públicas. Ao ler a Constituição, cujos trabalhos acompanhei de perto, participando de audiências públicas, oferecendo textos, alguns aprovados pela Constituinte e, informalmente, assessorando alguns constituintes, não consigo encontrar nenhum dispositivo que

A "generosidade" do Banese em nome da pandemia visa lucro altíssimo

O governador Belivaldo Chagas determinou que o Banco do Estado de Sergipe PRORROGASSE por três meses as mensalidades dos empréstimos consignados dos servidores públicos, bem como os CDCs , devido o momento difícil que todos estão passando pela pandemia do Covid-19. Desde o dia 1° de maio o BANESE   já disponibilizou para os aplicativos de smartphones a opção de "PRORROGAÇÃO" para quem tem empréstimo com a instituição financeira, e já provocou dúvidas e indignação em quem fez simulações nas "ofertas generosas" do banco para seus clientes. Diferente do que determinou o governador do Estado, e mais ainda do que explicou a assessoria de comunicação do BANESE, que disse o seguinte: "Dessa forma, a prorrogação está sendo oferecida com a manutenção da taxa de juros do contrato anterior, sem aumento no valor mensal das parcelas e sem cobrança de IOF, com a distribuição dos juros de carência nas parcelas do novo contrato". Dito assim, leigo que somos do sis

CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS VIRTUAIS

Nestes últimos dias fomos agraciados com mais uma novidade que irá vigorar nas próximas eleições municipais, a possibilidade de que as convenções partidárias ocorram virtualmente. É certo que a pandemia que nos aflige acelerou mudanças que seriam observadas ao longo dos anos, fazendo presente cada vez mais a tecnologia à nossa vida, consequentemente ao sistema eleitoral também. Já passamos pelo período das janelas partidárias, das filiações, do alistamento, de mudança de domicílio eleitoral e de regularização do título de eleitor, tudo feito de forma virtual. Em nossos textos é sempre mencionada a necessidade de adequação ao momento em que estamos vivendo, e a experiência vem demonstrando tal necessidade, sendo certo o fato de que quem não buscar se amoldar ao momento poderá ficar para trás no pleito vindouro. Especificamente no que tange à realização das convenções partidárias por meio virtual, foi realizada consulta ao TSE questionando esta possibilidade, sendo proferido Parecer favo